POLÍTICA DE PRIVACIDADE

 

A presente política de privacidade é válida única e exclusivamente na utilização e no processamento de dados no website www.adegamor.pt da Adega Mor Lda.  

 

Respeitamos a sua privacidade bem como os seus dados pessoais, tomando todas as medidas necessárias a manter em segurança os mesmos.

 

  • Entidade responsável pelo tratamento de dados: A entidade responsável pelo tratamento de dados enviados pelos utilizadores por meio de formulários no nosso website

 

  • Privacidade: Ao entrar neste website são utilizados cookies, ou seja, pequenos ficheiros de texto que são colocados no disco rígido por um servidor de páginas Web, os quais permitem uma melhor experiência de navegação e acesso a outras funcionalidades do website, tudo isto para prestar um serviço de excelência ao utilizador.

 

  • Recolha de dados pessoais: Os dados pessoais recolhidos neste website têm como finalidade responder a pedidos de contacto, de orçamentos, de informações em geral e para efeitos legais necessários caso venha a celebrar algum contrato ou transação comercial com a nossa empresa e as informações, pessoais ou não, não são transmitidas a terceiros. Os dados dos utilizadores ficam guardados em servidores Cloud localizados na União Europeia. Estes servidores são protegidos e mantidos de acordo com os mais elevados standards de segurança e respeitando sempre as leis de privacidade aplicáveis.

 

  • Direitos dos titulares dos dados O utilizador tem o direito de nos termos da lei, consultar, eliminar ou proceder à retificação dos seus dados pessoais, enviados pelo nosso website. Para este efeito e para reconhecermos a identidade do titular dos dados, os utilizadores devem enviar uma mensagem a partir do seu próprio email dirigida a geral@adegamor.pt , indicando de forma clara o que pretende relativamente aos seus dados pessoais.

 

  • Período de tempo durante o qual guardamos os dados: Adega Mor Lda conservará os seus dados pessoais pelo período necessário à prestação dos serviços, respectiva faturação e finalidades referidas.

 

  • Direito de reclamação: O utilizador tem o direito a apresentar queixa na autoridade de supervisão da proteção de dados (cnpd.pt).